sábado, junho 19, 2010

Não dá mais?

Então ele disse que não dava mais.
Chorei, quis cortar os pulsos, bebi demais, fumei demais, dancei demais, fiquei com alguns caras a mais, comi o pão que o diabo amassou, engordei, emagreci de novo, comi muito além do que devia e me arrependi, fui mal na faculdade, tentei voltar à vida e fui a luta novamente, quando digo "a luta novamente", eu digo que sim, fui atrás de você de novo.
Chorei de novo quando você me disse que não dava mais, quis me matar quando você falou que estava já com outra pessoa, bebi demais, fumei bem mais, comi muito mais do que devia e além, engordei de novo, emagreci de dor e esquálida ainda implorava por um minuto de atenção da sua vida.
Chorei mais uma vez dizendo que seria a última, bebi de novo dizendo que não beberia mais por você, nem fumaria, nem beijaria outro em seu lugar, fui mal na faculdade, atrasei minha formação, desgracei minha vida mas não dei o braço a torcer. Decidi levantar e crescer.
Entrei para a academia, comecei um curso de pintura, saí mais com as amigas, troquei de emprego, dancei muito mais, bebi socialmente, fiz muitas compras, bati perna no shopping, entrei na terapia, coloquei um aplique no cabelo, coloquei silicone (e porquê não?) saí mais, beijei mais ainda (sem nem pensar em você), fui bem no emprego, parei de fumar, me formei, fui pra praia com as amigas, viajei pro exterior, saí livre, corri na praia, ri com as minhas amigas das coisas do passado, me diverti a beça e nem me lembrei de você mais.
Fiz Yoga, pilates, hidroginástica, Ayuverda, encontrei meu eu, me conheci, parei de me sabotar, defini minha barriga, li muitos livros, minha família me apoiou em tudo, comprei meu apartamento, comprei meu carro, fui promovida, fiz festas em casa, recebi mil amigos, montei um closet só de sapatos, quando quis sorrir o fiz, quando quis chorar também, arrumei um namorado, viajei mais ainda, fiz gastronomia, tudo começou a dar certo.
- Alô, é a Dani que fala? Percebi que fui um tolo ao ter deixado você, viu as rosas que mandei?  Volta pra mim, sou louco por você e desculpa por perceber isso tão tarde.
E eis que ele ressurge do nada, atendo com carinho, afinal é bom lembrar de quem foi bom e do quanto foi bom e apesar de ter sofrido e de ter quase morrido, atendi por me conhecer, atendi por perceber:
- Não dá mais.

5 comentários:

Drih Lima disse...

Justamente assim mesmo...

Quando vc está no seu melhor, ressurge das cinzas.
Adorei o post.
Estou ate seguir... cuidadoo *-* ! hehe

Lígia disse...

A leitura tira o folêgo, como a vida é depressa!

Lígia disse...

A leitura tira o fôlego, como a vida é depressa!

Bárbara Lino ♥ disse...

É sempre assim.
Você quase morre de dor e simplesmente voltam do nada...

Só que, como dissestes:
"não dá mais"

E ponto.

Mauro Henrique disse...

parabéns pelo post! Como a vida da voltas! viver é sempre o melhor!