sábado, setembro 15, 2007

Jovial


Ninguém cala a voz de um jovem nem jamais consegue estancar seu talento.
Dom é algo que jorra das entranhas e transforma um pensamento, transforma um mundo, um universo.
Se não há ninguém que estanque a vida, a gravitação universal, não há o que reprima uma paixão, um sonho. E existem os privilegiados que nascem pra tentar mudar isso aqui.
A respiração do revolucionário é diferente, o jeito, a vida.

A vida é um compromisso...

Um compromisso com as próprias dúvidas, com o planeta que morre, morre e morre!
E você é um sedento pela vida, desde que respirou aqui nessa atmosfera..
Mas percebe enfim, que você não faz mais nada pra tentar mudar alguma coisa. Percebe que você é um ponto material pro universo, suas dimensões são desprezíveis.

Você não é um revolucionário.

Você não viu mais graça na vida, enfim... Quando percebeu que de nada valem os teus esforços diante da cegueira do mundo. Daí você se isola mesmo! Bebe, compra uma bolsa, come um chocolate, fuma um cigarrinho, injeta a heroína do talento no teu cérebro. Atira uma bala de adrenalina sobre uma vida sem sentido.
Acabou, jovem! Você não venceu nem uma briguinha com seus pais e já quer tentar vencer o mundo, jovem?

Quanta audácia pra pouca idade, não acha?



"Até bem pouco tempo atrás, poderíamos mudar o mundo. Quem roubou nossa coragem?"

2 comentários:

Carol disse...

Você é linda sabia!!!!!!!!!!
e tu do q vc escreve eh lindo tmb^
Brigada amiga por sabado!!! ^^
tinha muito tempo que eu não me divertia assim..=]..a gente anda tão preocupada em estarmos em dia com a nossa rotina que perdemos ,as vezes, o significado das boas amizades que te ajudam a sempre seguir em frente..s2
Você é pra mim uma daquelas pessoinhas especiais que surgem no meu caminho pra iluminar minha vida
^^
TE AMO SEMPRE s2

Isa Mozzer disse...

Eu penso como você. E me arrepiei, tá?
O mundo, q está no caos, caminha para a destruição.
E, merda... pq qdo eu penso q eu tô na p**** do DCE da faculdade, e... isso ainda é tão pouco... Dani, nem sei, viu? O mundo é mesmo muito cego.

"Você não venceu nem uma briguinha com seus pais e já quer tentar vencer o mundo, jovem?
Quanta audácia pra pouca idade, não acha?"

Ah, Dani...

"Até bem pouco tempo atrás, poderíamos mudar o mundo. Quem roubou nossa coragem?"

Eu não sei Dani. Mas eu me sinto exatamente como você.

Um beijo.